Quatre Recursos Humanos

Blog da Quatre

06 outubro

0

Empresas valorizam cada vez mais profissionais com preocupações sustentáveis

Segundo pesquisa, em cinco anos, a oferta de empregos com esse perfil cresceu 32% no Brasil

Da redação – Correio Braziliense 

Apagar a luz da sala quando não tiver mais ninguém nela. Dar preferência a uma garrafinha de água em vez de usar copos plásticos. Utilizar os dois lados do papel nas impressões ou reutilizar as folhas como rascunho. Todas essas são atitudes simples e que caracterizam os profissionais sustentáveis. Cada vez mais valorizados no mercado mundial, os chamados trabalhadores verdes costumam ter visão de futuro e conseguem, inclusive, diminuir os gastos das empresas.

Compreender a forma correta de gerir os recursos naturais e evitar a prática de atividades poluidoras fazem com que esses funcionários fiquem em vantagem sobre aqueles que não têm nenhum tipo de consciência sustentável. A nova geração de consumidores que vem por aí — crianças de até 10 anos — já tem muito mais contato com os ideais de ecologia, o que torna o funcionário verde também um trabalhador do futuro.

O relatório mais recente da Sustainability Recruiting, empresa estadunidense especializada em ofertas de especializações em todo o mundo, mostrou que, entre 2004 e 2009, as ofertas de empregos voltados à alta capacidade de decisão sobre sustentabilidade cresceram 37% no mundo. Ainda de acordo com o documento, o Brasil é o país da América Latina com o mercado mais promissor para profissionais sustentáveis. Aqui, a expansão de ofertas de emprego para esses trabalhadores foi de 32%. Rendimento satisfatório se comparado ao crescimento médio de 16% dos latinos.

“As empresas já percebem a necessidade de ter atitudes sustentáveis. Não dá mais para se preocupar apenas com o lucro. É preciso estar atento aos impactos das atividades das corporações na sociedade e preservar o bem-estar comum. Por isso, é tão importante ter funcionários sustentáveis”, destaca Silvana Bertim, analista de Qualidade da Festo no Brasil — empresa especializada em fornecimento de tecnologia de automação.

O analista José Roberto Portezan, funcionário da Festo há dois anos, lembra que para ingressar na empresa precisou passar por alguns testes que tratavam de sustentabilidade. “ Participei de algumas dinâmicas onde cheguei a ser questionado sobre o tema. Me perguntaram, inclusive, se eu participava de alguma ONG” frisa.

É importante ressaltar que ações sustentáveis devem estar presentes na carreira de qualquer profissional. Ao contrário do que muitos pensam, essas atitudes não se restrigem a trabalhadores da área ambiental. “O mundo corporativo cresceu e ganhou respeito muito fundamentado em resultados imediatos, a qualquer preço. Agora, a ideia é crescer fundamentado em atividades sustentáveis. Os profissionais do futuro cometerão menos exageros”, acredita Marlene Ortega, diretora da Universo Qualidade, empresa especializada em treinamentos corporativos.

O publicitário e gerente de mar-keting da TNC Brasil, Arnd Alexander, costuma ter atitudes sustentáveis no ambiente de trabalho e acredita que, se cada pessoa fizer a sua parte, a situação pode melhorar. “Atitudes simples podem mudar o planeta. Onde trabalho, todas as pessoas evitam o desperdício. Sem dúvidas, atitudes sustentáveis ajudam a reduzir os gastos das empresas”, explica.

Ainda de acordo com Alexander, as pessoas devem aprender os cinco Rs da sustentabilidade: repensar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar. “Vivemos em um planeta que precisa ter condições de se regenerar. A sociedade já exige que as empresas tenham atitudes ecologicamente corretas. Profissionais sustentáveis são a chave do futuro”, opina o publicitário.

Hora de aprender
No Brasil, a preocupação com a sustentabilidade entra, inclusive, no cronograma de treinamento de algumas corporações. A Ford, por exemplo, promove campanhas de conscientização para os empregados sobre o uso racional de recursos naturais e premia anualmente atitudes ecologicamente corretas adotadas pelos empregados. “Todos os profissionais da nossa empresa precisam passar por cursos de conscientização ambiental. Os benefícios aparecem não só para a empresa, mas para a população em geral”, frisa Edmir Mesz, supervisor ambiental da Ford Brasil.

Há também a opção de recorrer ao serviço de consultorias especializadas em treinamento de profissionais verdes. Esses especialistas garantem que qualquer pessoa está apta a adquirir hábitos sustentáveis. “Precisamos nos mover urgentemente para mudar a forma como agimos com nós mesmos e com o meio ambiente. Essa necessidade tem feito com que diversas empresas procurem ter equipes sustentáveis”, explica Cristina Mendonça, sócia-diretora da Techni Consultoria, empresa que presta esse tipo de serviço.

A importância da sustentabilidade dentro das empresas é tanta que várias delas já têm se movido para criar núcleos de preservação e conscientização ambiental. Na liderança desse setor, entram funcionários especializados em meio ambiente. Pensando nessa demanda, inúmeras universidades brasileiras têm fornecido graduações e especializações na área. No Distrito Federal não faltam opções: A Universidade de Brasília (UnB) lançou, no ano passado, o curso de ciências ambientais. O UniCeub oferece cursos de extensão em direito ambiental e desenvolvimento sustentável. E a Upis trabalha com MBA em gestão ambiental.

Confira dicas que podem ajudá-lo a ter uma atitude sustentável no trabalho

Não utilize apenas carros particulares para trabalhar. Também dê preferência a outros meios de transporte, como ônibus, metrô e bicicleta

Evite usar diversos copos plásticos para beber água. No trabalho, a dica é andar sempre com um squeeze ou uma caneca

Utilize os papéis que não são mais usados como folha de rascunho. Outra dica é usar, sempre que possível, os dois lados do papel para imprimir informações

Use racionalmente a água ao usar o banheiro do trabalho. Só deixe a torneira escorrer quando necessário

Desligue o computador sempre que não o estiver utilizando

Verifique se os sistemas de iluminação e ventilação estão ligados sempre que você for o último a deixar o local de trabalho.

Fonte: ADMITE-SE MG

Categorias: Comunicados

Comentários

Rua Padre Marinho, 37 - 6º. andar
Bairro Santa Efigênia - Belo Horizonte (MG) - Brasil
CEP 30.140-040

(31) 3484-4746

quatre@quatre.com.br

cafélaranja